Tag Archives: update

Windows 7 – Problemas na Inicialização após Update – KB 2823324

Nesse artigo vou relatar sobre o problema da atualização da MS KB2823324 que foi lançada ontem dia 09/04/2013. Quem efetuou esse Update em máquinas com Windows 7 x86, encontrou um problema na inicialização do sistema operacional. Em algumas horas a notícia foi rapidamente se espalhando e muitas threads sendo abertas em diversos fóruns em todo o Brasil.

Vou descrever abaixo algumas soluções que foram discutidas nos fórum que funcionam perfeitamente e vou tentar dividir em cenários diferentes. Segue abaixo os tipos de cenários e soluções:

Para aqueles que efetuaram o Update do KB 2823324, reiniciaram o equipamento e não conseguem inicializar o Windows, efetuem o seguinte procedimento:

  1. Iniciar a máquina com a mídia de instalação do Windows;
  2. Entrar no console de recuperação;
  3. Abrir o Notepad;
  4. Navegar até a pasta %windir%\system32\drivers e verificar se a versão do arquivo ntfs.sys que está instalada é a mesma do KB http://support.microsoft.com/kb/2823324;
  5. Se for o caso, renomear o arquivo ntfs.sys para ntfs.sys_old;
  6. Navegar até a pasta %windir%\winsxs e localizar um arquivo Ntfs.sys em uma vesão mais antiga.
  7. Copie o arquivo mais antigo para a pasta %windir%\system32\drivers.
  8. Reiniciar o sistema.

Para aqueles instalaram o KB 2823324 e não reiniciaram o equipamento, efetuem o seguinte procedimento:

1. Abra o painel de controle e depois adicionar e remover programas;
2. Clique em Windows Update;
3. No lado esquerdo da tela cliquem em “Atualizações Instaladas”;
4. Encontre o KB 2823324 e remova-o.

Segue imagem abaixo:


Para aqueles que instalaram via WSUS e precisam remover as atualizações em massa, efetuem o seguinte procedimento:

1. PsExec.exe -d @c:\estações.txt -u <domínio\login> -p <password> \\<servidor>\atualiza\atualizaPT86.bat
2. Executável do “.bat”
3. \\<servidor>\atualiza\KB2823324-x86PT.msu /uninstall /quiet /norestart

Obs: No arquivo estações.txt estão os nomes das máquinas da rede que desejam remover o KB 2823324.

Para aqueles que não efetuaram o Update, mas a atualização aparece para ser instalada, efetuem o procedimento abaixo:

Se a atualização não foi efetuada, oculte e desmarque conforme a imagem abaixo:

Outra opção que foi discutida para quem não conseguia inicializar a máquina foi a execução do seguinte comando abaixo:

  1. Iniciar a máquina com a mídia de instalação do Windows;
  2. Entrar no console de recuperação;
  3. Abrir o prompt de comando;
  4. Digite o seguinte comando:  dism.exe /image:C:\ /cleanup-image /revertpendingactions

Obs: Observe que no comando estou utilizando a unidade c: , mas em muitos casos ela pode ser carregada com outra letra D: E: F:…. Fique atento a isso.

Para quem tem um ponto de restauração:

Outra opção bem simples é efetuar a restauração. Quem tem um ponto de restauração e utiliza essa serviço, pode efetuar tranquilamente que vai funcionar.

Creio que a solução definitiva seja essa discutida no TechNet. Pode ser que a Microsoft venha disponibilizar alguma ferramenta mais prática, mas como se trata de um Update que afeta a inicialização do Sistema Operacional, aconselho os administradores a efetuarem os procedimentos e ocultar a atualização até que seja corrigida de forma oficial.

Fonte: Vinicius Mozart no TechNET

Resolução para o erro 80073701, decorrente da instalação do Service Pack 1 para Windows 7®

Resolução para o erro 80073701, decorrente da instalação do Service Pack 1 para Windows 7®.
Aprenda a resolver esse problema na instalação do SP1 para Windows Seven®.

O SP1 é oferecido pela Microsoft™ através do Windows Update desde o dia 04/04/2011 com o código (número) KB976932, mas a falta de um Pacote de Idioma (Language Pack) impossibilita o sucesso da atualização.

Links:

Seven 32 Bits (x86)

Seven 64 Bits (x64)

Código para Prompt de Comando:

dism /online /add-package /packagepath:c:\Lp.cab

Mantenha seus programas sempre atualizados com ajuda do R-Updater

O R-Updater é um programa capaz de realizar a tarefa de manter os programas atualizados no computador a fim de garantir um bom desempenho nas tarefas realizadas e tornar o sistema mais seguro contra ataques. Cabe ao usuário somente baixar e instalar novas versões. Isso porque embora a maioria dos aplicativos disponíveis no mercado já conte com ferramentas que procuram automaticamente atualizações, nem sempre elas são feitas com sucesso.

R-Updater 1.1

Ao executar o R-Updater pela primeira vez irá começar uma análise automática da máquina em busca dos softwares instalados e gerar uma lista com todos os programas que dispõem de atualizações para download e informações como a versão instalada e possíveis softwares em versão de testes beta. Para realizar o download de qualquer um dos aplicativos listados, clique na opção Update para abrir uma janela própria do desenvolvedor do R-Update. Nela você encontra link para baixar a versão mais recente e pode acessar a página do desenvolvedor ou realizar uma busca no Google em busca de mais informações sobre a nova atualização.

R-Updater 1.1

Além de realizar análises manuais a qualquer hora, o R-Updater permite agendar seu funcionamento e trabalha em segundo plano para informar o usuário em tempo real sobre qualquer novidade. Portanto é só agendar uma análise semanal para garantir que todos os softwares instalados fiquem em dia com a versão mais recente. Entre as configurações complementares do R-Updater estão avisos personalizados sobre as atualizações de programas específicos. Por exemplo, enquanto um software pode receber alertas sobre qualquer atualização disponível, outro pode ser configurado para só ser atualizado quando houver uma grande atualização.

Download R-Updater (Disponível em versão instalável e portátil)

Compatível com todas as versões do Windows, incluindo o Windows 7 (32 e 64 bits)

Microsoft fecha 49 brechas em pacote de segurança recorde

No total, são 16 atualizações para Windows, Office e MS Server.
Entre as falhas corrigidas estão as que permitiram a disseminação do Stuxnet.

O Windows 7 possui recusro de gravação de CD/DVD nativo.

A Microsoft liberou nesta terça-feira (12) o maior pacote de atualizações de segurança já produzido pela empresa. Com 16 atualizações, a companhia corrige 49 problemas identificados em softwares como o sistema operacional Windows. Entre as falhas corrigidas estão as que permitiram a disseminação do vírus Stuxnet, que infectou instalações nucleares no Irã e na Índia.

Quatro dos 16 "patches" são considerados de alta prioridade, e devem ser instalados imediatamente por usuários de computadores com sistema operacional Windows. As atualizações de segurança corrigem falhas que permitiam que criminosos assumissem o controle da máquina pela internet.

A Microsoft também corrigiu problemas de menor gravidade no Windows, além de falhas de segurança no pacote Office para PCs e no software para servidores Microsoft Server.

Até esta terça-feira, o recorde de vulnerabilidades corrigidas em um mesmo pacote era de 34, em outubro de 2009. A marca havia sido repetida em outras duas ocasiões, em junho e agosto de 2010.

Tutorial Windows Live Writer

windows-live-writer-logo

O Windows Live Writer é o editor de blogs da Microsoft.

Na minha opinião, o melhor.

Ele é fácil de usar e cheio de recursos que não encontrei em outros editores.

Para que todos possam utilizar este programa, resolvi fazer um tutorial.

  • INSTALAÇÃO

Para instalar clique aqui. Aproveite e leia mais sobre ele.

Uma vez instalado, clique no ícone para abrir o programa.

live_writer_1

  • ADICIONANDO UM BLOG

A primeira coisa que devemos fazer é adicionar nossos blogs ao Writer.

Clique em “blog”>”adicionar conta de blog”.

Atualização Live Messenger Afeta Google Chrome

Não estava acreditando quando fiz a atualização padrão em meu Notebook, com o Windows Live Messenger 2009.

Mas aí, dispararam os chamados em minha empresa em relação aos constantes travamentos do Google Chrome, em alguns casos, ele simplesmente não funcionava mais…

Ainda não sei dizer ao certo no que esta atualização afeta o navegador do Google, mas realmente, estou desconfiado de algum ponto negativo, afetando o registro do windows e as pastas de usuários.

Em todos os casos, a re-instalação do navegador não bastou, fomos obrigado à excluir temporários e cache, para enfim poder re-instalar o chrome.

Será uma forma de interromper a funcionalidade dos serviços da concorrencia de forma mascarada?

Bem, ainda não posso dizer nada, mas, que houveram problemas, houveram.

A versão do MSN em questão é esta:

live-messenger

Não estou lançando nenhuma teoria de conspiração por parte da Microsoft, apenas estou achando muito estranho o fato de já terem aparecido diversos casos idênticos.