Tag Archives: google

Gerenciador ajuda internauta a organizar todas as suas contas do Google

O Google anunciou nesta quinta-feira (5) o lançamento de um serviço chamado Dashboard, que concentra mais de 20 serviços e produtos da empresa em uma única página. O objetivo é facilitar o gerenciamento: ao se logar, o usuário consegue visualizar e mudar a configuração do Gmail, Orkut, Calendar, Docs, histórico de navegação, YouTube, Picasa, Talk, Reader e Alert, entre outras alternativas on-line.

A empresa afirma que a novidade ajuda a responder à pergunta “o que o Google armazena em minha conta?”. Isso porque exibe, ao lado de cada serviço, o que a empresa sabe sobre o usuário: quantos alertas estão ativos, quantos contatos o internauta tem, quantos e-mails enviados no Gmail, quantas mensagens de e-mail enviadas à lixeira, quantos documentos no Docs, o número de contatos no GTalk e o histórico de buscas na web, por exemplo.

Para usar a novidade, uma das alternativas é entrar em sua conta do Google e clicar em “configurações”, no topo direito da página. Em seguida, o usuário deve selecionar “configurações da Conta do Google” e clicar no link relacionado à palavra “dashboard” para habilitar a nova ferramenta.

Foto: Reprodução

Ao lado de cada serviço, a empresa divulga o que sabe sobre o usuário: quantos alertas estão ativos, quantos contatos o internauta tem, quantos e-mails enviados no Gmail, quantos documentos no Docs, o número de contatos no GTalk e o histórico de buscas na web, por exemplo.

Picasa 3.1 Build 71.28

Picasa é um excelente organizador e editor de imagens; automaticamente descobre e organiza todas as suas imagens, jpeg, tiff, bmp, psd, e extensões padronizadas das máquinas digitais

É simples de usar – com ele pode enviar as suas fotos por mail, redimensionar as imagens, retocar e alterar sem ter de usar mais de 5 passos. Faça slideshows e impressione os amigos com um simples clicar num botão, remova os ‘olhos vermelhos’ das suas fotografias e dê um ar profissional às suas obras de arte.

Efeitos como Collage, Poster, produção de screensavers ou fantásticos slideshows, fazem desta ferramenta um auxiliar imprescindível para quem gosta e manipula imagens.

Faça um filme com as suas imagens, junte-lhe um efeito visual adequado e exporte para o seu PC ou directamente para o Youtube, tudo isto com a renovada ferramenta do Google.

Além disso está integrado no Picasa Web Albums, para que possa compartilhar as suas imagens on-line. Tudo isto e muito mais… gratuitamente.

Download: Picasa 3.1 Build 71.28 [9.58MB]

Fonte: PeopleWare

Google Docs passa a funcionar off-line

Estava eu conversando com um amigo fascinado pelo Google, quando ele comentou sobre a utilização do GoogleDocs em modo off-line. Ainda não estava por dentro deste recurso, então decidi ativá-lo e pesquisar um pouco, para partilhar aqui com vocês.

O GoogleDocs, disponibiliza processador de texto, folhas de cálculo e apresentações, aplicações web que permitem aos utilizadores criar, armazenar e compartilhar documentos pela internet. 

Esta novidade permite aos utilizadores criarem, editarem e partilharem documentos onde quer que estejam e sempre que queiram. A informação armazenada na internet ou “nas nuvens” estará sempre acessível através de qualquer computador, telemóvel ou dispositivo móvel ou em locais onde possa não haver ligação: no comboio, no metro ou no avião, por exemplo. 

A novidade faz uso do Google Gears, plug-in da Google para disponibilizar aplicações web mesmo sem uma conexão no momento. Entre os produtos da Google que já utilizam o Gears, estão Google Reader Google Calendar.

O funcionamento do novo recurso é simples: você pode entrar no Docs e criar qualquer documento. Se estiver offline, precisa que o plug-in esteja instalado. A edição será feita normalmente, inclusive com acesso aos arquivos em seu computador. Tão cedo você se conecte à internet, as atualizações são feitas, e sua base de documentos será atualizada com a que se encontra on-line.

 

Em breve, diz o time de desenvolvimento do Docs, o editor de planilhas e o programa para criar slideshows também devem contar com o recurso. Usuários da versão em português do serviço ainda não verão a nova função, que deve ser liberada aos poucos para usuários do mundo todo.

A integração do Google Docs com o Google Gears demorou mais do que o previsto. A suíte online de ferramentas de escritório Zoho já usava o Google Gears para oferecer função semelhante aos seus usuários desde maio do ano passado.

Muito boa dica, a computação nas Nuvens cada vez mais próxima de todos.

Valeu, Abraão pela dica!

O Chrome na sua mão

O Chrome na sua mão

Mais Três truques para fazer o navegador do Google trabalhar melhor 

O Chrome fez um sucesso estrondoso nas primeiras semanas depois de sua estréia. Mas ele ainda precisa mostrar mais do que velocidade para fazer frente aos navegadores mais poderosos, como o Firefox e o Opera. Para alcançar esse sucesso, o Google preparou várias surpresas dentro do Chrome, que adicionam funcionalidade ou ajudam a melhorar seu uso. Confira, a seguir, alguns desses truques. 

1) Explore a Omnibar

Além de completar endereços de sites, a barra Omnibar tem integração com as buscas do Google e pode fazer operações com os dados pesquisados. Para fazer cálculos e conversões de medidas, por exemplo, basta digitar os números, sinais e unidades. O resultado é mostrado na Omnibar. 

2) Proxy na linha

Para quem utiliza o notebook em casa e no escritório, pode ser preciso alternar entre duas configurações para usar o browser com e sem servidor proxy. Isso pode ser resolvido no Chrome usando um atalho personalizado. Para criá-lo, acesse a pasta Application, que está dentro do diretório Chrome em C:\Documents and Settings\Usuário\Configurações locais\Dados de aplicativos. Clique com o botão direito em chrome.exe e escolha Criar Atalho. Clique com o botão direito no atalho criado e selecionePropriedades. Depois, adicione no campo Destino a opção –proxy-server= endereço:porta para informar o nome ou o IP do proxy e sua porta TCP/IP. Clique em OK e copie o atalho para a área de trabalho. Em seguida, dê a ele um nome como “Chrome – Escritório”. Depois, bastará dar um clique duplo nesse ícone para ativar o navegador com a conexão via proxy configurada.

3) De olho nos sites pesados

Se o Chrome ocupar muita memória, a causa pode ser um site mal comportado. Para descobrir o culpado, tecle Shift Esc e visualize o uso de memória em cada página. Outra opção é clicar com o botão direito numa página e escolher Inspecionar Elemento. Na janela que surge, clique emResources e em Size. Será mostrada uma lista de itens ordenados por tamanho. A ferramenta também mostra o tempo de carregamento dos elementos. 

Além destas dicas, ainda há a possibilidade de navegação em modo anonimo, como mencionamos neste POST anterior.

Falha humana causou pane em ferramenta de buscas, diz Google

Links com ‘/’ eram identificados como nocivos pelo Google. 

Erro no sistema durou cerca de 40 minutos neste sábado (31).

A pane no sistema de buscas do Google neste sábado (31), que identificava como “nocivos” sites teoricamente legítimos, como o próprio google.com.br, foi causada por falha humana, segundo o blog oficial da empresa. “Foi uma falha clara, e sentimos muito pela inconveniência causada aos nossos usuários”, disse em comunicado a vice-presidente do setor de buscas Marissa Mayer.

 Foto: Reprodução

Google ‘infectado’: buscas pelo Google transformavam sites legítimos em nocivos. Nem mesmo o próprio site escapou do ‘bug’ no sistema  (Foto: Reprodução)

 

Segundo ela, a falha ocorreu quando o sinal “/” foi relacionado à lista de endereços da web que oferecem risco ao internauta. Essa monitoração é feita pelo Google a partir de uma lista organizada pelo grupo sem fins lucrativos StopBadware.org - site que ficou fora do ar durante horas neste sábado (31). A lista é atualizada por profissionais especializados, e não por mecanismos automáticos.

 

Como todo endereço da internet tem o sinal “/” em sua URL, as buscas efetuadas no Google passaram a indicar que os sites eram suspeitos e poderiam oferecer riscos ao usuário. Marissa afirma que esse procedimento de segurança é adotado para evitar que o internauta tenha acesso a sites que possam instalar pragas virtuais ou oferecer outras ameaças ao internauta.

 

40 minutos de erros

Ao buscar pela palavra “google”, por exemplo, o usuário recebia a lista de resultados e o alerta: “Este site pode contaminar seu computador”. Ao clicar no link, o internauta era levado a uma segunda página, que reforçava o alerta, com a sugestão “volte à página anterior e selecione outro resultado”. O aviso também recomendava que o usuário visitasse o site StopBadware.org para “obter mais informações”, mas a página estava fora do ar. Segundo o Google, a pane durou cerca de 40 minutos.

MP3 pelo Google

Na minha opinião o Google é um terreno ainda pouco explorado, aposto que a maioria dos usuários apenas o usa para pesquisa e de forma direta. Mas estamos falando da melhor ferramenta existente na Internet.

Por exemplo, para procurar por músicas raras, ou pelo artista preferido, muitas pessoas concluem que não é possível encontrar no google – e passam para os softwares P2P.

Com o critério que vos mostro, será possível encontrar MP3 de muitos artistas com extrema facilidade – certamente uma surpresa para muitos utilizadores, mesmo os mais experientes.

Procure por: 

intitle:index.of “mp3″ +”ana carolina” -htm -html -php -asp “Last Modified”

Pode alterar a pesquisa, onde eu escrevi Ana Carolina procure pelo seu grupo ou cantor favorito!!!

Ou

-inurl:(htm|html|php) intitle:”index of” +”last modified” +”parent directory” +description +size +(wma|mp3) “ana carolina”

PS: Esta dica é bastante útil para explorarmos mais o tão grandioso Google, mas continuo absolutamente contra a Pirataria!

GOs – O Não-Google OS

É fácil encontrar referências chamando o gOS de “Google OS”, mas ele não é bem isso. 

Uma curiosidade sobre o gOS é o fato dele ter sido alvo de muitas especulações, por acharem que ele era um sistema da gigante Google. Vi algumas pessoas postando isso recentemente, provando o quanto um boato espalhado na web é forte, e que leva tempo para ser totalmente desmentido.

gos

Para esclarecer este ponto: o sistema é fabricado pela empresa ‘Good OS LLC’, de Los Angeles, distribuído em computadores da fabricante de PC’s chamada Everex Green gPC, e vendido principalmente na rede de supermercados Wal-Mart. Recentemente, a empresa começou a vender o Everex CloudBook, um UMPC com o sistema gOS que concorre diretamente com o Eee PC da Asus, e pode ser visto neste post do Mundo Hi-Tech.

O gOS também chama a atenção por possuir muitas ferramentas do Google em sua barra de atalhos extremamente elegante (acho que é isso que originou os rumores que foram citados anteriormente). Entre as ferramentas, em sua maioria online, estão as seguintes: Mozilla Firefox, Gmail, GTalk, Google Calendar, Google Docs and Spreadsheets, Google Reader, Google Maps, Google News, Google Finance, Google Product Search, gBooth, YouTube, Blogger, Facebook, Wikipedia, Meebo, Skype, Xine Movie Player, Rhythmbox e Box.net


Fonte: UnderLinux

09 Geeks que mudaram o Mundo

Ray Tomlinson: O E-mail

 

Agradeça à Ray Tomlinson pela enormidade de e-mails que você recebe todos os dias. Ele criou uma maneira de mandar cartas eletrônicas na rede em 1971 por “parecer, na verdade, uma idéia muito legal.” Ele também é responsável pela @nos e-mails.

 

Bill Gates: Programas e sistemas operacionais padronizados

 

Ame ou odeie, Bill Gates é uma das maiores influências em TI. Em 1975, ele deixou a universidade de Harvard com 20 anos para criar uma companhia com seu colega de infância Paul Allen. Tudo começou como uma versão completa de Basic para o primeiro computador Altair. O resto, como dizem, é história.

 

 

Dr. Bradford W. Parkinson e Dr. Ivan A. Getting: O GPS

A piada de que homens não pedem ajuda para descobrir caminho hoje é mentira. Graças ao Dr. Bradford W. Parkinson (à esquerda) e ao falecido Dr. Ivan A. Getting existe o GPS. Eles foram responsáveis pelo programa do sistema mundial que ficou conhecido como NAVSTAR GPS.

 

Larry Page e Sergey Brin: O Google

Para duas pessoas que não se gostavam quando se conheceram, Larry Page (à esquerda) e Sergey Brin conseguiram muito. Eles fundaram o Google no final de 1998 quando Yahoo e Infoseek dominavam. Mas a nova companhia rapidamente se tornou rei, notadamente pelas pesquisas precisas e facilidade de uso.

 

Martin Cooper: O telefone celular

Martin Cooper, hoje com 72 e CEO da empresa ArrayComm, por ter uma vida verdadeiramente 24 por 7. Ele criou em 1972 o primeiro telefone celular com um peso pouco menor do que um quilo. Ele usou como inspiração o comunicador do Capitão Kirk em Star Trek.

 

Mike Lazaridis: O BlackBerry

Lazaridis fundou a RIM quando era um estudante na universidade de Waterloo, Canadá, em 1984. Na época, eles faziam pagers, mas Lazaridis apostou em tecnologia para criar o CrackBerry. O BlackBerry 850 nasceu em 1998 e abriu os olhos do mundo para wireless e executivos viciados em responder e-mails.

 

Steve Jobs: Computadores sexies, iPod e iPhone

Ditatorial e resistente, Steve Jobs lidera uma seita. “Várias vezes, as pessoas não sabem o que querem até que você mostre para elas”, disse ele uma vez. Ao fundar, em 1976, a Apple com Steve Wozniak, iniciava a revolução da computação para pessoas comuns. Depois veio o iPod, o iPhone, etc…

 

Vint Cerf: A Internet

Cerf, ou o “pai da internet”, ganhou o título por ter criado no final dos anos 60 o protocolo TCP/IP junto com Robert Kahn. “Nós éramos amadores. Esperávamos que alguma autoridade chegasse e mostrasse o caminho, mas ninguém veio”, disse Cerf em 2000, hoje evangelista do Google.

 

Fonte: ComputerWorld

Atualização Live Messenger Afeta Google Chrome

Não estava acreditando quando fiz a atualização padrão em meu Notebook, com o Windows Live Messenger 2009.

Mas aí, dispararam os chamados em minha empresa em relação aos constantes travamentos do Google Chrome, em alguns casos, ele simplesmente não funcionava mais…

Ainda não sei dizer ao certo no que esta atualização afeta o navegador do Google, mas realmente, estou desconfiado de algum ponto negativo, afetando o registro do windows e as pastas de usuários.

Em todos os casos, a re-instalação do navegador não bastou, fomos obrigado à excluir temporários e cache, para enfim poder re-instalar o chrome.

Será uma forma de interromper a funcionalidade dos serviços da concorrencia de forma mascarada?

Bem, ainda não posso dizer nada, mas, que houveram problemas, houveram.

A versão do MSN em questão é esta:

live-messenger

Não estou lançando nenhuma teoria de conspiração por parte da Microsoft, apenas estou achando muito estranho o fato de já terem aparecido diversos casos idênticos.