Microsoft fecha 49 brechas em pacote de segurança recorde

No total, são 16 atualizações para Windows, Office e MS Server.
Entre as falhas corrigidas estão as que permitiram a disseminação do Stuxnet.

O Windows 7 possui recusro de gravação de CD/DVD nativo.

A Microsoft liberou nesta terça-feira (12) o maior pacote de atualizações de segurança já produzido pela empresa. Com 16 atualizações, a companhia corrige 49 problemas identificados em softwares como o sistema operacional Windows. Entre as falhas corrigidas estão as que permitiram a disseminação do vírus Stuxnet, que infectou instalações nucleares no Irã e na Índia.

Quatro dos 16 "patches" são considerados de alta prioridade, e devem ser instalados imediatamente por usuários de computadores com sistema operacional Windows. As atualizações de segurança corrigem falhas que permitiam que criminosos assumissem o controle da máquina pela internet.

A Microsoft também corrigiu problemas de menor gravidade no Windows, além de falhas de segurança no pacote Office para PCs e no software para servidores Microsoft Server.

Até esta terça-feira, o recorde de vulnerabilidades corrigidas em um mesmo pacote era de 34, em outubro de 2009. A marca havia sido repetida em outras duas ocasiões, em junho e agosto de 2010.