Como medir o seu sinal Wireless

Uma das perguntas que me fazem com alguma frequência é: “Como faço para medir o sinal wireless lá em casa, do meu pc ao router?”, e na sequência desta pergunta vem sempre outra do tipo…”Olha…tenho o router na sala, será que apanho no quarto?… eu já testei mas dá-me sinal muito fraco“.

A resposta que dou para estas questões é quase sempre a mesma.…”Temos de analisar…nisto da tecnologia wireless nunca se sabe pois podem existir interferências ou existirem cenários que não são muito apropriados para a propagação do sinal, como por exemplo a existência de  humidade em paredes, vidros, a própria localização do router wireless, outros equipamentos que funcionam na mesma frequência, etc etc .

Bem, para termos uma percepção da distribuição do sinal wireless podemos usar várias aplicações, no entanto muitas são específicas para determinadas placas wireless. Eu por exemplo costumo usar com frequência o ConfigFree da Toshiba. Para quem tem placas Cisco pode usar por exemplo o ACU. Outra aplicação interessante é o Odyssey Client Manager, mas hoje vamos falar da aplicação gratuita Network Stumbler.

Ele permite:

  • Verificar se a sua rede sem fios está correctamente configurada.
  • Descobrir zonas com má cobertura na sua rede sem fios.
  • Detectar outras redes sem fios que possam causar interferências.
  • Detectar AP’s não autorizados.
  • E, claro, fazer o famoso WarDriving (detectar redes abertas).

A última versão do netstumbler pode ser obtido aqui.

Depois de instalado o netstumbler e executado aparecerá indicação das redes que a vossa placa detecta (“snifou”). No meu caso apenas uma rede (a minha) com o nome (SSID) wlan.

sshot-1

Nota: No caso de não vos aparecer nada verifiquem em Devices se está seleccionada a vossa placa.

O que indicam as colunas do netstumbler?

  • MAC – Endereço MAC do router/AP/Placa (ad-hoc) Wireless
  • SSID – Nome da rede.
  • Chain – Indica o canal usado. O * indica que estamos associados a essa rede.
  • Speed – Indica a largura de banda usada. Neste caso o ritmo de transmissão é 54 Mbps.
  • Type – Se é um Access Point (AP) ou uma rede ad-hoc (Peer).
  • Encryption – Aparece WEP para redes com encriptação.
  • SNR – Relação sinal/ruído (signal to noise ratio) e é medido em dB (decibéis).
  • Sinal+ – O valor relativo à força de sinal mais elevado até ao momento.
  • Noise- indica a intensidade do ruído.
  • SNR+ é a taxa de sinal/ruído (valor mais elevado até ao momento).

A maioria das placas não conseguem medir correctamente o ruído o que faz com que apareça o valor –100. O sinal wireless é medido em decibéis numa escala negativa, ou seja quanto “menor”, que na realidade é maior,  melhor. Não esquecer que estamos a trabalhar com valores negativos (exemplo:  -40 dB é maior que -79dB)

Podemos ainda verificar a variação de sinal. Para isso basta seleccionarem Channels.

sshot-2

Espero que este mini tutorial ajude a perceber um pouco mais da tecnologia wireless. Espero em próximos posts dar mais umas dicas.