Category Archives: Download

JouleMeter – Qual o consumo de energia do meu Computador?

Nos últimos eventos que tenho participado para apresentação de produtos por parte de grandes empresas, um dos temas fortes é o consumo energético dos equipamentos informáticos (ex. Switch, router, Servidores,AC do Datacenter, etc). Esta é uma grande preocupação por parte das empresas que se querem tornar “verdes” (amigas do ambiente), mas também porque quato mais energia consumida, mais despesas associadas.

Para um utilizador normal, o consumo energético dos  equipamentos será também um factor importante.

Sabe por exemplo qual o consumo energético do seu PC?Nos últimos eventos que tenho participado para apresentação de produtos por parte de grandes empresas, um dos temas fortes é o consumo energético dos equipamentos informáticos (ex. Switch, router, Servidores,AC do Datacenter, etc). Esta é uma grande preocupação por parte das empresas que se querem tornar “verdes” (amigas do ambiente), mas também porque quato mais energia consumida, mais despesas associadas.

Para um usuário normal, o consumo de energia dos  equipamentos será também um fator importante.

Sabe por exemplo qual o consumo de energia do seu PC?

Para acompanhar e gerir os consumos do nosso PC existe uma aplicação bastante interessante, o Joulemeter.

Basicamente esta aplicação permite monitorizar o consumo de energia do nosso computador, exibindo uma estimativa em Kwh.

É possível medir energia em Máquinas virtuais, servidores, desktops, entre outros.

O Joulemeter estima o consumo de energia do computador com base nos recursos do mesmo, como por  exemplo (CPU, disco, mointor,  etc), sendo assim calculado o consumo total.

joulemeter00

O Joulemeter é uma excelente ferramenta, desenvolvida por investigadores da Microsoft. Através das informações fornecidas, podemos tentar realizar uma melhor gestão de energia e assim poupar alguns trocos.

Download: Joulemeter [780 KB]

Fonte: Peopleware

SystemRescueCd 1.3.5 – O Linux que ’salva’ o Windows

Foi anunciado recentemente a versão 1.3.5 do SystemRescueCD, criado por François Dupoux. O SystemRescueCd é uma distro de Gnu/Linux que corre através do leitor de CD-rom para permitir a reparação do sistema e recuperar os dados depois de o sistema ter “emperrado”. Esta nova versão traz um conjunto de utilitários e métodos de gestão de dados, assim como a gestão/edição de partições no disco rígido.

SystemRescueCD_2

Esta ferramenta dota o utilizador de privilégios para executar tarefas de administrador no nosso computador, tais como criar editar partições no disco. Contém imensas ferramentas do sistema (parted, partimage, fstools, …) e ferramentas básicas (editores, ferramentas de rede…).

systemrescu_2

É bastante fácil de usar, bastar colocar no leitor de CDRom e iniciar a partir do cd. O kernel suporta a maior parte das partições de ficheiros (ext2/ext3, reiserfs, reiser4, xfs, jfs, vfat, ntfs, iso9660), assim como sistemas de ficheiros de rede (samba e nfs). Veja aqui as ferramentas existentes.

É possível também bootar o SystemRescueCD através de um PEN-DRIVE. Veja aqui como fazer.

Licença:GPL
Sistemas Operativos: Linux/Windows/Mac/Solaris
Download: SystemRescueCd 1.3.5
Homepage: SystemRescueCd

Fonte: PeopleWare

Microsoft Office 2010 Beta

Microsoft Office 2010 Beta

Microsoft Office 2007 introduziu uma nova forma de fazer aplicativos de produtividade. A Microsoft focou-se principalmente nos layouts, a fim de que ficassem o mais intuitivos e fáceis de usar possível. Agora a empresa disponibiliza para download público o Office 2010 Beta, versão de testes da próxima versão do Office.

Essa versão do Office 2010 Beta é baseada no Office Professional Plus, que inclui os seguintes aplicativos:

— Word;

— Excel;

— PowerPoint;

— Publisher;

— Access;

— Outlook;

— OneNote;

— InfoPath;

— SharePoint Workspace;

— Communicator.

O aspecto visual do Office 2010 é, sem sombra de dúvida, um dos grandes trunfos da Microsoft. Os menus estão cada vez mais contextuais, variando de acordo com o elemento que foi selecionado. Se for texto, por exemplo, haverá opções de formatar a tipografia, o tamanho da fonte e a cor que o texto terá. Já no caso de imagens, o usuário vai poder optar por algum tipo de moldura ou recortar a foto para que se adapte às necessidades.

Ribbons no PowerPoint.

As funções dos “ribbons”, as faixas específicas dependendo do elemento selecionado, estarão presentes em todos os aplicativos do Office. Com isso a Microsoft consegue criar uma unidade na forma de apresentar os aplicativos para que o usuário possa executar suas tarefas diárias, sem que sinta a diferença de usar um aplicativo com o visual novo e em seguida utilizar outro aplicativo com a interface antiga, utilizada até oMicrosoft Office 2003.

Inserir elementos gráficos nos documentos fica mais fácil a cada nova versão do Office. Os SmartArts, por exemplo, permitem estilizar um elemento do documento de acordo com estilos salvos previamente. Além disso, a maioria dos aplicativos do Office contém modelos de documento, para quem não sabe como começar aquele relatório da faculdade ou uma planilha de gastos.

Depois de muitas reclamações, a empresa decidiu trazer de volta o menu “Arquivo”. A versão atual (2007) do Office substitui esse item por um ícone da suíte de aplicativos, sendo que muitos usuários não percebiam a mudança e acabavam se confundindo na hora de acessar configurações de arquivo. No Office 2010 Beta esse problema acaba, visto que o ícone no canto superior esquerdo foi removido completamente.

VÍDEOS NO POWERPOINT

A exibição de vídeos no Microsoft PowerPoint foi inteiramente redesenhada. A partir do Office 2010 o usuário vai poder importar um vídeo para o aplicativo de apresentações e cortar apenas o trecho que achar mais interessante ou conveniente para o documento. Dessa forma evita-se ter que abrir um editor de vídeo somente para fazer tal corte, exportar para um formato que o PowerPoint aceite e depois importar novamente aplicativo.

Além disso, os vídeos ganharam controles de playpause, entre outros. Isso significa que, em vez de ter que voltar um slide e avançar novamente para que um vídeo seja tocado uma segunda vez, você vai poder pausar durante a apresentação e reiniciar.

EXIBIÇÃO DE CONVERSAS NO OUTLOOK

Uma das grandes novidades do MS Outlook é a nova forma de exibição de mensagens. A interface mudou pouco se comparada com a do Microsoft Office 2007, mas agora apresenta e-mails de forma semelhante à que o Gmail faz desde que foi lançado. Ao clicar em um e-mail, o próprio Outlook vai indicar quais outras mensagens são relacionadas a ela (como respostas ou encaminhamentos). Dessa forma fica muito mais fácil manter o registro do que foi dito durante uma troca de mensagens, até mesmo para consulta futura.

OFFICE WEB APPS

Office Web Apps em funcionamento.

Fazendo frente ao Google Docs, as Office Web Apps vão permitir a colaboração entre pessoas de uma mesma equipe. Todo documento salvo por meio do Office 2010 poderá ser exportado para a internet e visualizado diretamente no navegador, desde que seja compatível com o serviço. Uma vez que as alterações sejam feitas, basta salvar o arquivo no próprio ambiente para que todos na equipe possam visualizar a versão mais recente.

COMO INSTALAR

É preciso passar por várias etapas para baixar o Office 2010 Beta. Assim que a página de download for carregada (preferencialmente no Internet Explorer), clique em “Get It Now” no canto superior direito. Em seguida informe os dados da sua Windows Live ID (Hotmail serve) e pressione “Sign in”. Depois que preencher seus dados pessoais, clique “Continue”. O próximo passo é anotar o código de registro do aplicativo, que será apresentado próximo de “MAK key”. Vá para o final da página e escolha qual versão do Office é de seu interesse, entre a 32-bit e a 64-bit, e também o idioma (inglês e espanhol estão entre as opções). Por último, clique em “Download Now”.

Tome cuidado, pois a instalação do Office 2010 subtitui por padrão a instalação de outroOffice presente na máquina.

REQUISITOS MÍNIMOS

— Processador: 500 MHz;

— Memória RAM: 256 MB;

— Espaço em disco: 3 GB;

— Resolução: 1024×768 pixels;

— Leitor de DVD;

— Windows XP SP3.

Link para Download: Aqui

Site ajuda a instalar aplicativos padrões em PCs

Reprodução

Formatar um PC e ter que instalar os aplicativos que rodam no Windows, como navegador, mensageiros instantâneos, player de música e vídeo, utilitários e visualizadores de foto é uma tarefa cansativa, não acham?

O serviço Ninite ajuda você a instalar os programas essenciais para as tarefas diárias de um micro. E o melhor: somente as configurações padrão são instaladas, sem as outras opções.

O processo é simples: você escolhe no site quais aplicativos deseja copiar para a máquina, que os programas serão instalados pela interface do Ninite.

Por enquanto, o site, que funciona com Windows XP, Vista e 7, só dá suporte aos aplicativos em inglês.

Jogo de perguntas e respostas sobre defeitos no computador.

Simulador de Defeitos é um pequeno jogo de perguntas e respostas desenvolvido pela Intel e ótimo para aspirantes a técnicos de manutenção, profissionais de informática em outras áreas e até mesmo para curiosos querendo saber o que acontece dentro dos seus gabinetes.

Você aprenderá a descobrir a resolver defeitos no seu computador de uma maneira muito divertida.  Ele funciona como um Quiz, onde são feitas perguntas sobre o funcionamento do computador e seus problemas mais comuns. Com ele, você vai aprender a deixar o seu micro funcionando sem nenhum problema, e quando aparecer algum, você já saberá como agir para resolver o mais rápido possível.
Para obter o Simulador de Defeitos você terá que fazer o download do seu arquivo, em seguida faça a descompactação do conteúdo para uma pasta de sua preferência, com um programa como o Winrar. Concluída a descompactação, ele já estará pronto para uso. Abra sua interface principal (figura acima), e será exibida na  parte superior os dispositivos como monitor, memória, fonte de alimentação, disco rígido e etc.

Para resolver as tarefas você conta com dois menus: hardware e software. No primeiro, você tem acesso à substituição de peças como disco rígido, placa-mãe, conectores, cooler ou mesmo uma simples limpeza e nova conexão de cabos.

Link: Simulador de Defeitos

Qual é a senha da rede sem fio?

Qual é a senha da rede sem fio?

Descubra a senha esquecida de uma conexão sem fio armazenada em seu PC com o WirelessKeyView

Se seu micro ou notebook se conecta a uma rede sem fio, mas você esqueceu a senha, há uma forma de recuperá-la. A senha pode ser útil para configurar outra máquina, por exemplo. Basta baixar e rodar o programinha WirelessKeyView. Ele mostra todas as chaves armazenadas no computador, em todos os tipos de criptografia (WPA e WEP) e tanto em hexadecimal quanto em ASCII. As chaves também podem ser exportadas para um arquivo CSV.

Downlad Aqui

iSpring Free

“Converta seus slides e apresentações do Powerpoint em Flash para postar em sites, blogs e até no YouTube.”

O iSpring Free é um programa completo e com ótimos recursos para você converter suas apresentações feitas em PowerPoint (.PPS e .PPT) para um formato mais compacto: o Flash (.SWF) — fácil de distribuir e armazenar.

Converta suas apresentações .PPT para .SWF

MUITA ECONOMIA COM APENAS UM CLIQUE

Com uma interface moderna e fácil de usar, basta um clique para que o seu trabalho fique pronto em instantes conservando todos os aspectos originais da apresentação, como ordem, efeitos, animações, narrações e qualidade. A única diferença será seu tamanho: muito mais leve.

Na hora de visualizar o resultado, você é quem escolhe se os slides devem ser alterados manual, com cliques do mouse, ou automaticamente, determinando o espaço de tempo entre cada.

A redução do tamanho não influencia na qualidade.

Para profissionais e estudantes

Utilizar esta ferramenta será de extrema vantagem para palestrantes, professores e alunos. Outra qualidade é a facilidade com que o iSpring pode armazenas os novos arquivos .SWF em seu computador ou publicá-los diretamente na Internet, mais precisamente no portal SlideBoom (serviço especializado em compartilhamento de apresentações de PowerPoint, no qual você pode realizar o upload do seu trabalho e divulgar seu respectivo endereço para familiares, amigos ou colegas).

Personalize

Além de tudo, o programa possibilita algumas personalizações do arquivo pelo usuário. Entre elas a escolha de temas e cores, alteração das notas e adição de imagens e logotipos do autor da transformação, que pode ser inclusive uma foto própria e seu nome. Depois disso, você fica livre para gravar as apresentações em CDs, enviar por e-mail, publicar em seu blog etc.

Microsoft Windows User State Migration Tool 3.0.1

state

Microsoft Windows User State Migration Tool é uma interessante ferramenta quem tem o objetivo migrar seus arquivos e perfis do XP ou Vista para o novo Windows 7.

O Microsoft® Windows® User State Migration Tool (USMT) v3.0.1 migra arquivos e configurações do usuário durante implementações do Windows XP e Windows Vista. Você pode utilizar o USMT para executar migrações não-assistidas e para migrar arquivos e configurações para computadores com múltiplos usuários.

Além disso, com o USMT você tem a possibilidade de criptografar e compactar os arquivos armazenados. O USMT 3.0.1 é melhor indicado para administradores que estão executando implementações aautomatizadas dos sistemas operacionais.

Esta ferramenta inclui duas ferramentas de linha de comando chamadas ScanState e LoadState. A ScanState cria um armazenamento intermediário que contém os arquivos do usuário e configurações do computador “fonte”. A LoadState restaura estes arquivos e configurações para o PC de destino.

O USMT 3.0.1 contém as seguintes atualizações para o USMT 3.0:
– Agora você pode instalar esta ferramenta em PCs com versões do Windows Vista em outros idiomas.
– No USMT 3.0, algumas configurações para as contas locais não podiam ser migradas. Isto foi corrigido no USMT 3.0.1.

Para baixar o USMT, acesse os links abaixo:

32 Bits

64 Bits

INSTALAR O WINDOWS XP NO NETBOOK ASUS EEE PC701 OU PC900 USANDO PENDRIVE

Instalando o Windows Xp no Asus EEE PC701 / PC900 ou outro usando um pendrive bootável.

É preciso fazer do pendrive um disco de boot. Para isto, proceder da seguinte maneira:

Tenha em mãos:

1-Pendrive de 1gb (ou superior);

2-Cd do Windows XP SERVICE PACK 2 (Se não for SP2, o pendrive será criado com sucesso, mas vai dar erro na hora da instalação. No meu caso, ficava dando erro de tela azul no arquivo “pci.sys”);

3-DVD que vem com o EEE PC701 OU PC900 para instalação dos drivers (há uma observação para este item no penúltimo parágrafo deste tutorial).

4-Os programas: PeToUSB, Bootsect e USB_PREP8.

http://www.baixaki.com.br/download/petousb.htm

http://www.2shared.com/file/2585881/5ad9ef68/bootsect.html

http://www.2shared.com/file/2581432/a65c092a/usb_prep8.html

Criando um PenDrive Bootável (Para instalação do Xp em qualquer computador, inclusive):

Crie uma nova pasta. Extraia para esta pasta o programa USB_PREP8;

Extraia o PEtoUSB dentro da pasta onde está o USB_prep8;
Insira o Pendrive que será formatado;
Execute o usb_prep8.cmd que está na pasta USB_prep8, criada anteriormente;
Na tela de prompt do MS-DOS que se abrirá, pressione Enter;
Na tela do PeToUSB que será aberta, configure conforme está na foto e clique em “Start” para formatar o pendrive. APÓS O TÉRMINO DEIXE A JANELA ABERTA;

Windows Xp no EEE

Irá aparecer uma mensagem perguntando se você confirma a formatação

Windows Xp no EEE

Windows Xp no EEE
NÃO FECHE O PETOUSB!

Abra outro prompt de comando e entre no diretório onde está o bootsect.exe. Execute o comando: “bootsect.exe /nt52 E:” , sem as aspas, e a letra E é a unidade onde está o pendrive no seu computador;

Deve aparecer a mensagem “bootcode was sucessfully updated on all targeted volumes.”

Agora você pode fechar esta janela que foi aberta (a do bootsect, NÃO A DO USB_PREP8), e pode também fechar a janela do PeToUSB.

Volte para a janela do USB_PRE8 e você deve ver uma tela como a que é mostrada abaixo:

Windows Xp no EEE

Neste ponto, o usuário deve informar dados para os números 1, 2 e 3.

Digite 1 e tecle enter. Esta opção pede para que o usuário informe o diretório onde estão os arquivos do CD de Instalação do Windows Xp Service Pack 2 (ou superior).

Ao digitar 1 e teclar enter, a tela mudará para…
Windows Xp no EEE

… juntamente com esta outra tela, que será aberta automaticamente…

Windows Xp no EEE

… para que o usuário mostre o diretório onde estão os arquivos do XP (quer seja um cd-rom ou mesmo uma pasta no computador). É só informar, clicando na pasta para selecioná-la!

Ao selecionar a devida pasta e clicar em OK, o programa volta para a tela do MS-DOS do USB_PREP8.cmd. Repare que a opção 1 agora tem um diretório entre colchetes:

Continuando, tecle 2, para preenchimento das informações da segunda opção (Mudar o diretório do drive virtual, onde a imagem será criada antes de ser transferida para o pendrive).

Qualquer letra poderá ser utilizada, desde que não coincida com uma letra de unidade que já exista. O programa já sugere a letra T e o usuário pode deixar ela mesmo, desde que não tenha um drive T: em seu computador. Se tiver que mudar, DIGITE APENAS A LETRA, SEM OS DOIS PONTOS e tecle ENTER.

No passo seguinte, o passo 3, o usuário informará a letra do pendrive. Tecle 3 e digite apenas a letra, como mostrado na tela abaixo:

Windows Xp no EEE

… digitando a letra, tecle ENTER…

Neste ponto, estamos prontos para criar o Pendrive de Boot com Windows XP Service Pack 2. Agora, basta digitar a opção 4 e o processo será iniciado.

Vai parar em uma tela como mostrada abaixo:

Windows Xp no EEE

Pedindo para o usuário confirmar a formatação do disco virtual que informamos anteriormente. Pode teclar S e ENTER. Será criado o arquivo de imagem “tempimage.img” (algo em torno de 1 gigabyte).

Passados alguns segundos (ou um tempo maior, dependendo da velocidade do seu computador), a tela mudará para…

Windows Xp no EEE

Aqui é esperado um ENTER do usuário, para que o processo de cópia dos arquivos para a imagem temporária seja iniciado, como visto abaixo:

Windows Xp no EEE

Quando a cópia terminar, vai parar em uma tela pedindo um ENTER:

Após teclar ENTER, vai rolar algumas linhas de texto na tela, e então mostrará:

Windows Xp no EEE

Aqui ele está avisando que a cópia dos arquivos no pendrive deve levar, aproximadamente, 15 minutos. Cliquemos em SIM.

Copiando os arquivos no pendrive propriamente dito:

Windows Xp no EEE

Passados os 15 minutos (ou até um pouco mais), será vista a tela:

Windows Xp no EEE

Esta tela pergunta se o usuário gostaria que o pendrive fosse um drive de boot nomeado como U:.

Clique em SIM.

Aparecerá a tela:

Windows Xp no EEE

Ela pergunta se o usuário deseja desmontar o drive virtual. Clique em SIM.

Voltamos para o MS-DOS do USB_PREP8…

Windows Xp no EEE

Pressione qualquer tecla para continuar e o programa avisa que será finalizado. Tecle novamente qualquer tecla e fechará a tela do USB_PREP8.

Pronto! Seu pendrive de boot do Windows XP foi criado com sucesso!

Lembrando que, se o usuário efetuou todas estas etapas utilizando um CD do Windows XP sem Service Pack ou com SP1, o processo será feito normalmente mas o usuário receberá telas azuis de erros quando for executar o processo de instalação do windows. Para ter sucesso, tem que ser SP2 ou superior.

A partir de agora, o que deve ser feito é:

- Colocar o pendrive no computador;

- Reiniciar o micro (ou ligar, caso esteja desligado);

- Entrar no setup da BIOS e definir o REMOVABLE DRIVE como sendo o dispositivo de boot preferencial (No Asus EEE 900, basta selecionar removable drive e ir teclando em + no teclado. Ele vai subindo até que fique no primeiro);

- Salvar e esperar ele dar boot pelo pendrive;

- Ao aparecer a tela de opções de inicialização, deve ser escolhida a opção 2 (Setup em modo texto).

Deste ponto em diante, o processo é igual a qualquer instalação normal do Windows XP. Não remova o pendrive do computador até que o desktop do Windows XP apareça na tela do seu EEE PC.

Ao concluir a instalação do XP, utilize o DVD pedido na etapa 3 do início desde tutorial para instalar os drivers, como faria com um PC  (estes arquivos podem, também,  ser obtidos pela internet, no site do fabricante do seu netbook. Depois é só copiar em pendrive e instalar normalmente no windows);

Os procedimentos foram testados em um ASUS EEE PC 900 (Celeron M 900Mhz, Memória Ram DDR2 de 1GB e HD de 20GB), contudo, devem funcionar perfeitamente em outros modelos, até mesmo na instalação do Windows em Computadores Desktop.

Wubi — Windows Ubuntu Installer 9.04

“Instale uma das distribuições Linux mais famosas — a Ubuntu — dentro do seu Windows sem complicações!”

Wubi é uma inovação para os entusiastas do software livre ou para aqueles que sempre quiseram instalar o Linux, mas não sabiam como particionar seu disco rígido. Este pacote é um instalador do Ubuntu, uma das distribuições Linux mais atualizadas e de fácil acesso, dentro do próprio Windows. O Ubuntu é baseado no Debian e na última versão incorporou a tecnologia XGL.

A vantagem deste instalador é que não são necessárias partições. Durante a inicialização (boot) do sistema, você escolhe qual sistema operacional quer usar. O Wubi não fica devendo em nada em performance ao Ubuntu tradicional e apresenta as mesmas funcionalidades. De brinde você ainda ganha dois softwares instalado no pacote: o Mozilla Firefox e o OpenOffice.

Antes de ter medo do Linux, fique tranqüilo: há um prático desinstalador que retira o Ubuntu da sua máquina da mesma maneira que qualquer outro programa. E, falando em instalação, existe um novo instalador incorporado no pacote: o Lupin.

Lupin, um instalador semelhante ao do Windows

Lupin é um mecanismo de instalação muito semelhante ao do Windows, no qual o próprio sistema operacional monta os pacote e os distribui nos diretórios necessários. Isso evita muita dor de cabeça e deixa o Ubuntu acessível ao usuário mais leigo, além de facilitar a vida de quem já conhece o sistema.

Ubuntu dentro do Windows!
O Lupin não contém o instalador, ele usa um arquivo ISO para numa analogia “descompactar” (para os mais puristas o termo correta seria “montar”) o conteúdo.

COMO FUNCIONA?

Após instalar o Wubi, o programa baixará automaticamente a distribuição Ubuntu, a qual possui cerca de 700 MegaBytes. Assim, ao reiniciar o computador, o usuário poderá escolher entre Windows ou Linux (Ubuntu). Ao selecionar o SO de código-fonte aberto, o sistema se encarregará de instalá-lo automaticamente — o que pode demorar um pouco na primeira vez. Uma vez instalado, basta escolher com qual sistema você deseja entrar no computador quando ele é ligado: Windows ou Ubuntu!

Pegue o Wubi através deste link.