Category Archives: wi-fi

Faça o backup de configurações de redes sem fio no Win7

Se por algum motivo você precisar fazer o backup e restauração de suas configurações de redes sem fio, o Windows 7 torna a tarefa bem simples e rápida.

O processo todo leva menos de um minuto. Para fazer o backup, basta sesguir os passos abaixo:

- Clique no ícone de rede na barra de tarefas e depois em Abrir a Central de Rede e Compartilhamento:

- Com a Central de Rede e Compartilhamento aberta, clique em Gerenciar redes sem fio no painel do lado esquerdo:

- Clique com o botão direito do mouse na rede sem fio desejada e selecione Propriedades:

- Na tela de propriedades, clique no link Copiar este perfil de rede para uma unidade flash USB:

Escolhendo o Melhor Canal para sua Rede sem Fio

Uma rede sem fio é muito sensível e está a mercê de diversos fatores, entre eles a escolha do canal. A frequência mais usada por este padrão, a de 2,4GHz, é dividida em vários canais que podem estar lotados ou recebendo interferência dos canais vizinhos. Aprenda agora a escolher o melhor deles na sua região.

Para que um canal não causasse problemas no que está ao lado, seria necessário um intervalo de pelo menos 25MHz entre eles, mas tanto aqui quanto nos Estados Unidos, a distância não passa dos 5MHz, o que faz com que tenhamos além de escolher um canal vago, se preocupar com a interferência dos canais vizinhos.

InSSIDer

Os canais 1, 6 e 11 são considerados os melhores justamente por não se sobreporem e pelo espaço que existe entre eles, porém a maioria dos roteadores sem fio vem configurado para o 6, lotando este canal nas redondezas da sua casa, causando instabilidade e lentidão. Como nosso cérebro não vem com detector de redes sem fio, não devemos confiar cegamente no que o seu roteador escolher.

WirelessMon

Para saber qual o melhor canal para sua rede sem fio, recomendo o InSSIDer e o WirelessMon. O WirelessMon mostra as redes sem fio ao seu redor, mostra a intensidade do sinal e além disso gera um gráfico dos canais mais usados nas redondezas. Já o InSSIDer mostra que canais estão causando interferência em quais canais (eles fazem mais coisas, porém me limitarei a estes recursos).

Infelizmente o WirelessMon é trial e para de funcionar em 30 dias. Ao contrário deste, o InSSIDer é totalmente gratuito e pesa menos que 1MB. Com a ajuda destes dois programas você vai conseguir ter uma análise detalhada dos canais ao seu redor e saber quais deles estão causando interferência no canal que você está usando.

A regra geral é usar um canal que esteja o mais distante possível dos demais e que de preferência não esteja sendo usado por outros. Se isso não for possível, certifique-se de que o canal é o menos ocupado, que recebe o mínimo de interferência e que não há nenhum outro sinal com mais potência que o seu.

Caso o sinal da sua rede seja o mais potente, ainda que o canal esteja sendo usado por outras redes, a interferência será mínima. Um exemplo sobre o maior espaço possível entre duas redes é imaginar um cenário onde o canal 7 e o 11 estão lotados. Nesse caso, usar o canal 9 seria o ideal pois ele está minimamente distante tanto de um quanto de outro.

Outra coisa que interfere bastante no sinal WiFi são os telefones sem fio que trabalham na frequência de 2,4GHz. Alguns deles não se dão bem com redes de computadores sem fios e acabam atrapalhando a comunicação com interferência. Experimente nesses casos manter o roteador bem distante do telefone, ou compre modelos de 900MHz.

Aqui em casa eu uso o canal 13 pois no nível onde uso o roteador e o notebook, aparecem apenas outras três redes, mas caso eu dê um passeio pela casa e pela rua, verei uma poluição impressionante no InSSIDer pois por aqui há muitas redes sem fio e empresas de internet via rádio que na verdade não passam de uma rede WiFi tamanho família. Todos os canais ficam ocupados ou sofrendo forte interferência dos diversos canais vizinhos.

Mesmo meu notebook não detectando tais redes, elas ainda assim causam interferência, mas essa poluição é insignificante já que elas nem sequer são detectadas devido ao fraco sinal. Então depois de chegar a uma conclusão sobre qual o melhor canal com base nos dados dos programas citados neste artigo, basta configurar seu roteador para usa-lo. Caso ele tenha suporte ao DD-WRT, basta ir emWireless > Basic Setup > Wireless Channel.

Vi no Amigo Geek.

Aumente o seu sinal 3G com uma… panela?

Este truque vem no seguimento de outros que já deixamos para aumentar o sinal dos vários sinais de Internet.

Quem utiliza os modems 3G, muito usados hoje em dia, poderá ter dificuldades em captar o melhor sinal, esta falta de sinal reduz a velocidade de navegação tornando mesmo essa navegação uma péssima experiência. Mas poderá aumentar esse sinal, veja como!

O mesmo poderá fazer para a Internet Móvel por pens USB, os tipos mais comuns ultimamente, para isso use uma extensao USB e coloque a pen dentro da panela, conforme é mostrado no vídeo. Esta truque, retirando a parte engracada da panela, é compreensível pois este utensílio funciona como se fosse uma parabólica que centraliza o sinal no seu espaço interior criando uma amplificação ao sinal.

Como podem ver não precisam comprar potencializadoes de sinal ou pendurarem-se na janela para terem melhor sinal 3G! Basta irem à cozinha e trazerem de lá uma das ferramentas disponíveis.

Fonte: PeopleWare

Encontre pontos de rede wireless em poucos minutos

Tenha uma lista de pontos wi-fi super completa e acessível em qualquer parte do mundo! Conecte-se sempre que precisar!

Imagine a seguinte situação. Você está viajando a negócios em uma cidade que passou a conhecer nos últimos cinco minutos. Contudo, você precisa acessar seu email para fazer o download de uma apresentação indispensável para a reunião que acontecerá daqui alguns minutos, ou seja, o tempo de você sair do aeroporto e chegar à sede da empresa. Entretanto, você precisa parar para almoçar. Por que não ir a um restaurante que ofereça internet wireless gratuita? Então descubra como encontrar os lugares que contam com serviços assim!

O processo todo é muito simples e basta que você tenha algum tipo de precaução no dia anterior. Acesse o serviço online JiWire para descobrir onde estão as redes wi-fi que estão mais perto de onde a reunião acontecerá. Uma vez que você acessou o site, digite o nome do país em que você está no campo de buscas na parte superior da tela. Depois, uma lista com os estados irá aparecer.

Digite o nome do local que você quer encontrar pontos wi-fi!

Escolha qual é o estado e em seguida a cidade em que você está e, através das coordenadas do Google Maps, escolha qual é o lugar mais próximo que oferece internet sem fio. Contudo, você encontra três tipos diferentes de marcação no mapa: os pontos verdes, azuis e alaranjados. Os pontos verdes marcam os estabelecimentos que não cobram nada para que você acesse a rede sem fio do local. Os azuis já exigem algum tipo de tarifa para utilização do serviço. É muito frequente encontrar esses pontos em lanchonetes, restaurantes e hotéis. Já os pontos alaranjados são encontrados apenas nos países que trabalham com a operadora AT&T.

Se preferir não gastar, vá aos estabelecimentos marcados em verde!

Você pode optar por encontrar esses locais via mapa (Google Maps) ou então através de uma lista bastante completa com os nomes, tipos de estabelecimento, endereços e configurações básicas de conexão de cada um dos pontos encontrados pelo JiWire. Assim, você fica livre para utilizar a internet em qualquer lugar do mundo! Basta utilizar os serviços de um dos estabelecimentos listados e pronto! Seus emails, documentos e outros arquivos já podem ser baixados em poucos minutos se a conexão encontrada for boa!

New York é uma das cidades que mais tem conexões sem fio!Opte pelo mapa ou a lista de estabelecimentos!

Entretanto, conectar-se a redes públicas pode ser um pouco arriscado. Por isso, preste muita atenção em alguns aspectos importantes antes de utilizar alguma dessas redes. Primeiro, verifique com o responsável pelo estabelecimento se existe algum tipo de restrição ou exigência que não tenha sido especificada no JiWire – isso é importante, afinal nem sempre o site terá todas as informações das quais você precisa.

Certifique-se de utilizar métodos eficazes de segurança!

Depois, é importante que você tenha um bom firewall sempre ativo no seu notebook ou netbook; algum bisbilhoteiro pode querer fazer alguma visita indesejada no seu computador. E o mais importante de tudo: redes wi-fi públicas não são como conectar-se na sua própria casa. Portanto, todo cuidado é pouco!

Muito bem, agora que você já conhece uma maneira bastante simples de encontrar pontos de internet sem fio em qualquer lugar do mundo, já pode planejar suas reuniões, viagens e qualquer outro compromisso em que você queira levar seu computador. O serviço também é muito interessante para pesquisas acadêmicas, já que possui uma abrangência bastante interessante de número de conexões com relação aos lugares do mundo. Encontrou sua cidade? Conte para a gente qual seria o melhor lugar do mundo para você conectar-se à internet!

Fonte: Baixaki